Blog

Conheça cinco jardins de Burle Marx espalhados pelo Brasil

Ofício Habitat, ,

Paisagista, arquiteto, desenhista, pintor, gravador, litógrafo, escultor, tapeceiro, ceramista, designer de jóias, decorador. Burle Marx conseguiu durante sua vida exercer todas essas funções com maestria.

Nascido em São Paulo em 1909 viveu até 1994. Era filho de mãe pernambucana e pai alemão, e viveu transitando entre a Europa e o Brasil.

Seus jardins podem ser comparados a pinturas abstratas, alguns bastante curvilíneos, outros com uso primordial de linhas retas, mas sempre com abundância de plantas nativas para criar blocos de cor.

Sua obra pode ser admirada em diversos pontos turísticos do Brasil. Conheça cinco jardins localizados em território nacional projetados por Burle Marx:

Aterro do Flamengo – Rio de Janeiro

arqu_burle_01.jpg

Na extensa área de mais de um milhão de metros quadrados estão plantadas mais de 11 mil árvores e quatro mil palmeiras de diversas espécies. No aterro se encontra o Museu de Artes Modernas (MAM), um dos principais do Rio de Janeiro, que é cercado por plantas rasteiras, arbustos, bromélias do Nordeste, canteiros de pedra e um belíssimo espelho d`água com bromélias.

Complexo da Pampulha – Minas Gerais

arqu_burle_02.jpg

Para compor os jardins que formam um dos principais pontos turísticos de Belo Horizonte, Burle Marx trouxe plantas da Amazônia, Cerrado e Mata Atlântica. Devido a importância paisagística e arquitetônica, a região recebeu o título de Patrimônio Cultural da Humanidade.

Clique aqui e descubra os patrimônios mundiais mineiros. 

Praça de Casa Forte - Recife

arqu_burle_03.jpg

Como falamos acima, a mãe de Burle Marx era pernambucana e este foi o seu primeiro projeto de jardim público, concebido em 1934. Os jardins que compõe a praça são tombados pelo Iphan.

> O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) é uma instituição federal vinculada ao Ministério da Cultura, responsável por preservar, divulgar e fiscalizar os bens culturais brasileiros, além de garantir a utilização desses bens pela atual e futuras gerações. 

Parque Ibirapuera – São Paulo

 

arqu_burle_04.jpg

Uma das mais importantes áreas verdes dentro da cidade cinza foi idealizada por Burle Marx. Em sua homenagem, foi criada dentro do enorme parque uma praça que recebe seu nome.

Sítio Burle Marx - Rio de Janeiro 

 

arqu_burle_05.jpg

O sítio que serviu de moradia do paisagista de 1973 até 1994 de 807 mil metros quadrados é atualmente aberto ao público (uma ótima dica de turismo para quem vai visitar a cidade maravilhosa). O local é uma das mais importantes coleções de plantas vivas existentes em todo o mundo. O acervo botânico e paisagístico incluiu cerca de 3,5 mil espécies, pertencentes ao manguezal, a restinga e a Mata Atlântica.

 

 

 

 

Tags:

Deixe-nos o seu comentário